Denatran lança aplicativo que oferece 40% de desconto para infratores
O motorista que passar pela lombada eletrônica acima da velocidade vai receber o aviso pelo celular que foi multado. Essa é uma das funções do aplicativo lançado pelo Departamento Nacional de Trânsito. O motorista precisa baixar o aplicativo, colocar os dados pessoais e do veículo. Até o pagamento é feito pelo aplicativo.
Foto: Divulgação

No mesmo que dia em que começaram a valer os novos valores de multas de trânsito, o Denatran lançou um aplicativo que oferece 40% de desconto para os infratores.

O motorista que passar pela lombada eletrônica acima da velocidade vai receber o aviso pelo celular que foi multado. Essa é uma das funções do aplicativo lançado pelo Departamento Nacional de Trânsito.

O motorista precisa baixar o aplicativo, colocar os dados pessoais e do veículo. Até o pagamento é feito pelo aplicativo.

Quem aderir ao chamado Sistema Eletrônico de Notificação (SNE DENATRAN) passa a ter um desconto de 40% na multa, se não recorrer e pagar até o vencimento. Antes, existia um desconto para multa em papel, mas era só de 20%.

Tem motorista que gostou da novidade. “Eu acho bom. Já dá uma melhora para gente pagar”, diz o açougueiro Carleon Silva Marinho.

O engenheiro de transportes Benjamin Jorge Rodrigues avaliou o desconto como contraditório.
“A sensação é que ele vê a situação abrandada. Abrandou as penalidades, então de alguma forma se a gente praticar este tipo de infração, nós vamos sofrer menos no bolso e essa não é a intenção. É exatamente aplicar as multas pesadas para reduzir os acidentes e os índices de mortes, ou seja, melhorar a segurança na cidade, nas rodovias brasileiras."

Dependendo da multa, veja só o que acontece. Antes do aumento desta terça (1º), quem andasse sem o cinto de segurança pagava R$ 127,69. Com o reajuste, foi para R$ 195,23. No caso do desconto de 40% pelo aplicativo, a multa cai para R$ 117,13. Dez reais a menos que o valor cobrado antes do aumento.

Segundo o Denatran, a medida vai gerar economia. Além de estimular o motorista a pagar a multa mais rápido. “Essa questão do desconto tem dois aspectos: primeiro, modernizar. Até pelo meio ambiente, acabar com papel. As pessoas vão passar a receber as notificações eletrônicas pelo seu celular. Sem a dúvida se chegou em casa, pelos Correios, se não chegou. Muito mais econômico e online. Quando você aproxima o pagamento à sua infração, fica mais perceptível para a população. Mais educativo do que deixar para pagar no ano que vem, que fica parecendo imposto”, afirma Horácio Sousa, do Fórum dos Conselhos de Trânsito dos Estados.

As multas em rodovias federais já podem chegar via aplicativo para os motoristas que se cadastrarem. Nas cidades e rodovias estaduais isso ainda depende da adesão dos Detrans.
Por enquanto, o aplicativo só é disponível pra alguns tipos de smartphones e deve servir pra todos a partir do dia 07/12.


Fonte: G1

site: http://www.ricardoizar.com.br