DEPUTADO DORME EM ACAMPAMENTO PARA PEDIR PROTEÇÃO ANIMAL

DEPUTADO DORME EM ACAMPAMENTO PARA PEDIR PROTEÇÃO ANIMAL

24/2/2014 – Ricardo Izar exige uma CPI para investigar maus-tratos contra animais e alerta: ativistas tem voz e voto.

g n 169 1d8h - DEPUTADO DORME EM ACAMPAMENTO PARA PEDIR PROTEÇÃO ANIMAL

O deputado Ricardo Izar (PSD-SP) acampou na frente do Congresso Nacional para pedir implantação de uma CPI contra maus-tratos dos animais. Ele se uniu aos ativistas da causa e dormiu no local.

O parlamentar afirma que a ação já deu resultados. Dia 18/fev ele teve uma reunião com o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves, que se comprometeu a pautar o tema no na quarta-feira 19/fev, com urgência constitucional.

Além da CPI, Izar defende a votação de projetos que já estão prontos, como o que cria políticas públicas de esterilização; o que proíbe testes em animais pela indústria ; o que proíbe uso de animais em circo e o que aumento as penas de maus-tratos.

Izar afirma que “os parlamentares precisam se atentar que os ativistas têm voz e voto”. A afirmação foi feita na quarta-feira 19, pelo deputado Ricardo Izar (SP), presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos Animais, com intenção de alertar os demais deputados sobre a importância da causa para a sociedade civil.

“Já demos um grande passo que foi conseguir colocar na pauta quatro projetos. Primeiro a CPI dos Maus Tratos, que vai investigar todo tipo de crime contra os animais. Vamos também apreciar os projetos que proíbem a utilização de animais em testes de cosméticos, vamos regulamentar a castração de cães e gatos e mudar a natureza jurídica dos animais, eles deixam de ser ‘coisa’ e ganham o status de sujeito de direito”, disse Izar.

A presidente da Agência de Notícias de Direitos Animais (Anda), Silvana Andrade, compartilha a opinião de Izar e reforça que “prisão e multas altas por violência contra animais podem ser a saída para que os agressores reflitam sobre suas crueldades. Para ela, a não punição é um grande incentivador dos crime cometidos”.

Uma das responsáveis pela mobilização, a ativista paulista, Priscila Ruiz, declarou que o acampamento foi imprescindível para “retirar da gaveta” as leis em defesa dos animais. “Estamos lutando há anos para que essas leis sejam assinadas. Tenho certeza de que por meio desse evento, que reunimos pessoas de todos os estados, nós vamos conseguir acabar com todo tipo de maus tratos animais, desde a proibição do uso deles em circo, testes cosméticos, filmes pornôs até a alteração de objeto para sujeito no Código Civil”, disse.

Matéria completa em:
http://www.diariodopoder.com.br/noticias/deputado-dorme-em-acampamento-para-pedir-protecao-animal/ 

 

Cadastre-se  aqui

Gostou deste conteúdo? Faça um comentário!

avatar
Fechar Menu