Salão Verde: ativistas se mobilizam hoje em frente ao Congresso em defesa dos animais

Ricardo Izar, do PSD paulista, afirma que o Brasil é um dos países mais atrasados em políticas públicas para animais. Ele defende a votação de projetos que já estão prontos, como o que cria políticas públicas de esterilização; o que proíbe testes em animais pela indústria ; o que proíbe uso de animais em circo e o que aumento as penas de maus-tratos.

A partir de hoje, ativistas e parlamentar engajados na defesa dos animais vão acampar no gramado em frente ao Congresso e mudar o cenário de um dos mais famosos cartões postais de Brasília.

O que eles querem com o “Acampamento Nacional pelos Animais” é pressionar a Câmara e o Senado para aprovarem logo projetos de lei que garantam o bem estar dos bichos.

A expectativa é que o primeiro ato político solidário pela causa animal atraia cerca de 1500 pessoas que vão ficar acomodadas em 800 barracas até quinta-feira.

Hoje, tramitam, no Congresso, cerca de 185 projetos que tratam de animais. As propostas estão sendo analisadas por uma comissão especial, criada em dezembro do ano passado, para consolidar uma legislação sobre o tema.

Quem fala sobre o tema é o coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Animais, deputado Ricardo Izar, do PSD paulista.

O deputado afirma que o Brasil é um dos países mais atrasados em políticas públicas para animais. Ele defende a votação de projetos que já estão prontos, como o que cria políticas públicas de esterilização; o que proíbe testes em animais pela indústria ; o que proíbe uso de animais em circo e o que aumento as penas de maus-tratos.

Matéria completa em:
http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/radio/materias/COM-A-PALAVRA/462167-SALAO-VERDE-ATIVISTAS-S
E-MOBILIZAM-HOJE-EM-FRENTE-AO-CONGRESSO-EM-DEFESA-DOS-ANIMAIS.html 

Cadastre-se  aqui

Gostou deste conteúdo? Faça um comentário!

avatar
Fechar Menu