Izar e deputados pessedistas garantem inclusão da CPI dos Maus Tratos Animais na pauta

Izar e deputados pessedistas garantem inclusão da CPI dos Maus Tratos Animais na pauta

19/2/2014 – A pressão de ativistas e parlamentares, acampados em frente ao Congresso Nacional, em defesa dos direitos animais sensibilizou o presidente da Câmara, deputado Henrique Alves (PMDB-RN). Ele garantiu, durante reunião realizada na presidência, nesta terça-feira (18), que vai pautar para a reunião de colégio de líderes do dia 19 de fevereiro a discussão sobre a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Maus Tratos Animais, de autoria do deputado Ricardo Izar (SP). Ele, que é criador e presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos Animais, comemorou o resultado da reunião.

g n 168 1n8r - Izar e deputados pessedistas garantem inclusão da CPI dos Maus Tratos Animais na pauta

A pressão de ativistas e parlamentares, acampados em frente ao Congresso Nacional, em defesa dos direitos animais sensibilizou o presidente da Câmara, deputado Henrique Alves (PMDB-RN). Ele garantiu, durante reunião realizada na presidência, nesta terça-feira (18), que vai pautar para a reunião de colégio de líderes de amanhã (19) a discussão sobre a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Maus Tratos Animais, de autoria do deputado Ricardo Izar (SP). Ele, que é presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos Animais comemorou o resultado da reunião.

“Hoje foi dia de vitória para a causa animal. Além da instalação da CPI, temos ainda a apreciação dos projetos: que proíbe a utilização de animais para testes de cosméticos; que regulamenta a esterilização dos cães e gatos para controle populacional; e a proposta de mudar a natureza jurídica dos animais, que tira o status de ‘coisa’ no Código Civil e passa a ser um sujeito que tem direito. Sem dúvida é um grande avanço para a causa”, comemorou.

O deputado Roberto Santiago (SP) pontuou que o projeto de castração é fundamental para a saúde pública. “As pessoas não tem noção de que a cada dez anos uma família cria gerações de até 12, 13 mil animais. Esses animais largados fazem na rua suas necessidades fisiológicas, atacam pessoas, pegam e passam doenças. Então, essa proposta é fundamental para a questão de saúde pública. Vai diminuir a proliferação e cuidar do ser humano”, destacou Santiago.

Para que a CPI seja instalada, a pauta da Câmara deverá estar destrancada.

Matéria completa em:
http://psdcamara.org.br/2014/02/18/deputados-pessedistas-garantem-inclusao-da-cpi-dos-maus-tratos-an
imais-na-pauta/ 

Cadastre-se
 
 aqui

Conheça nossos ebooks para download gratuito

Deixe uma resposta

Fechar Menu