Jornal Nacional: André Vargas e Alberto Youssef são réus no mesmo processo no Paraná

Jornal Nacional: André Vargas e Alberto Youssef são réus no mesmo processo no Paraná

9/4/2014 – “Tem muita denúncia. Tem que ser apurado. Tem que ver se é verdade mesmo e ele vai ter amplo direito de defesa dentro do Conselho de Ética”, afirmou o deputado Ricardo Izar, do PSD-SP, presidente do Conselho de Ética.

g n 177 1g8j 300x200 - Jornal Nacional: André Vargas e Alberto Youssef são réus no mesmo processo no Paraná

O deputado licenciado é suspeito de favorecer negócios do doleiro Alberto Youssef, que a Polícia Federal prendeu na operação Lava Jato.

Chegou nesta terça-feira (8) ao Conselho de Ética da Câmara a representação de três partidos de oposição PSDB, DEM e PPS contra o deputado licenciado André Vargas, do PT. Ele é suspeito de favorecer negócios do doleiro Alberto Youssef, que a Polícia Federal prendeu na operação Lava Jato.

O presidente do Conselho de Ética já marcou para esta quarta-feira a escolha do relator do processo por quebra de decoro parlamentar. O Conselho tem 90 dias úteis para apresentar à mesa da Câmara um relatório recomendando, ou não, a perda de mandato do deputado, flagrado em mensagens de texto falando com Alberto Youssef sobre um contrato com o Ministério da Saúde.

“Tem muita denúncia. Tem que ser apurado. Tem que ver se é verdade mesmo e ele vai ter amplo direito de defesa dentro do Conselho de Ética”, afirmou o deputado Ricardo Izar, do PSD-SP, presidente do Conselho de Ética.

A Corregedoria da Câmara também recebeu uma representação, do PSOL, contra André Vargas, por falta de decoro parlamentar. O deputado terá que ser notificado e depois poderá fazer a defesa por escrito.

Há uma preocupação de lideranças na Câmara de que os processos não se arrastem para não provocar desgaste do Parlamento. Além disso, André Vargas está enfrentando pressões de setores do seu próprio partido, para que renuncie e evite repercussões negativas para o PT e para o governo.

“Está mantida a suspensão, que foi decisão tomada ontem. Se renunciar, é uma outra decisão que ele poderá tomar”, destacou o deputado Arlindo Chináglia, do PT-SP, líder do Governo.

André Vargas e o doleiro Alberto Youssef respondem a um mesmo processo por desvio de dinheiro público, em Londrina, no Paranã, em 1999. Absolvido da acusação de improbidade administrativa, Vargas foi condenado a devolver R$ 10 mil aos cofres públicos. O caso está em segunda instancia porque tanto o deputado quanto o Ministério Público recorreram.

O processo de Youssef ainda tramita na primeira instancia de Londrina.

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva disse nesta terça-feira (8) que o deputado licenciado André Vargas deve dar explicações claras sobre suas relações com o doleiro preso Alberto Youssef para que o PT não pague o pato.

O ex-presidente também se manifestou sobre a Petrobras, que está sob investigação da Polícia Federal por causa da compra de uma refinaria nos Estados Unidos, a venda de outra na Argentina e a suspeita de que uma empresa fornecedora holandesa pagou propina a funcionários. Lula disse que o governo precisa defender a Petrobras com unhas e dentes. E impedir que o que ele chamou de mentiras continuem prevalecendo.

Matéria completa em:
http://psdcamara.org.br/2014/04/09/jornal-nacional-andre-vargas-e-alberto-youssef-sao-reus-no-mesmo-
processo-no-parana/ 

Cadastre-se
 
 aqui

Conheça nossos ebooks para download gratuito

Deixe uma resposta

Fechar Menu