PSD: Conselho de Ética vai ouvir doleiro Youssef por videoconferência

PSD: Conselho de Ética vai ouvir doleiro Youssef por videoconferência

18/6/2014 – O presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, deputado Ricardo Izar (SP), anunciou, nesta quarta-feira (18), que o doleiro Alberto Youssef, preso na operação Lava-Jato da Polícia Federal e testemunha na representação contra o deputado André Vargas (sem partido PR) será ouvido pelo Colegiado, via videoconferência, no dia 1º de julho, às 10h.

g n 249 3v1z - PSD: Conselho de Ética vai ouvir doleiro Youssef por videoconferênciaO presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, deputado Ricardo Izar (SP), anunciou, nesta quarta-feira (18), que o doleiro Alberto Youssef, preso na operação Lava-Jato da Polícia Federal e testemunha na representação contra o deputado André Vargas (sem partido PR) será ouvido pelo Colegiado, via videoconferência, no dia 1º de julho, às 10h. “A Justiça Federal do Paraná, estado onde o doleiro encontra-se preso já concedeu a autorização para a realização desses questionamentos via internet”, afirmou.

O Conselho ouviria hoje, em oitiva, as testemunhas de acusação Carlos Gadelha, secretário de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde, por suposto intermédio em negociações com o laboratório Labogen; Leonardo Meireles e Esdras Ferreira, donos do laboratório; e Bernardo Tosto, proprietário do jato utilizado por Vargas. O presidente nacional do PT, Rui Falcão e os deputados petistas Cândido Vacarezza (SP) e Vicentinho (SP) também receberam o convite. Nenhum convidado, no entanto, compareceu. Carlos Gadelha e Bernardo Tosto informaram com antecedência que não viriam.

Segundo Izar, a ausência não interfere na condução do relatório do deputado Júlio Delgado (PSDB-MG). “O Conselho de Ética é um órgão independente e vai dar prosseguimento a seus trabalhos de acordo com os prazos. Júlio Delgado tem, regimentalmente, 40 dias (úteis) para apresentar seu relatório, e as testemunhas serão notificadas a comparecer novamente”. O parlamentar explicou ainda que “Youssef será o último convidado do relator a ser ouvido e o primeiro das testemunhas de defesa”.

A próxima reunião do Colegiado está agendada para a próxima quarta-feira (25).

Cadastre-se  aqui

Gostou deste conteúdo? Faça um comentário!

avatar
Fechar Menu