RICARDO IZAR É AUTOR DE PROJETO QUE AUMENTA PENA PARA QUEM PRATICAR A ZOOFILIA

17/9/2014 – Deputado Ricardo Izar (PP/SP) é autor do Projeto de Lei 3141/2012, que torna agravante o ato da zoofilia [sexo de humanos com animais] no delito de maus-tratos, Art 32 da Lei de Crime Ambientais, a pena é aumentada de um sexto a um terço. “Esta proposta é um imenso avanço na legislação brasileira de defesa animal”, disse. De acordo com o parlamentar, é preciso que torne a prática de sexo com animais um delito com gravidade maior dentro da Lei de Crimes Ambientais. “É necessário que o Art 32 tenha uma especificação que inclua a zoofilia como um crime de maior potencial ofensivo a sociedade”, afirmou.

g n 340 7y5c - RICARDO IZAR É AUTOR DE PROJETO QUE AUMENTA PENA PARA QUEM PRATICAR A ZOOFILIADeputado Ricardo Izar (PP/SP) é autor do Projeto de Lei 3141/2012, que torna agravante o ato da zoofilia [sexo de humanos com animais] no delito de maus-tratos, Art 32 da Lei de Crime Ambientais, a pena é aumentada de um sexto a um terço. “Esta proposta é um imenso avanço na legislação brasileira de defesa animal”, disse.

De acordo com o parlamentar, é preciso que torne a prática de sexo com animais um delito com gravidade maior dentro da Lei de Crimes Ambientais. “É necessário que o Art 32 tenha uma especificação que inclua a zoofilia como um crime de maior potencial ofensivo a sociedade”, afirmou.

O deputado também esclarece que a proposta esta alinhada com o Direito Animal de nações mais desenvolvidas neste setor. “Os países nórdicos e os Estados Unidos possuem políticas parecidas com a deste projeto. Lá se combate a zoofilia desde 1990”, concluiu.

Para conhecer PL na íntegra acesse o link abaixo:

http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra?codteor=963161&filename=PL+3141/2012

Filmes Pornográficos

Ricardo Izar tem outro projeto que defende os animais do ato de zoofilia, o PL 6267/2013, proíbe o uso de animais em filmes pornográficos. A proposta foi aprovada no início de julho, deste ano, na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável-CMDAS.

Para o parlamentar, esse projeto atende a vontade da sociedade. “Mais do que a compatibilidade técnica e jurídica, esse projeto é um anseio da sociedade, que não tolera ver animais, que não optam por esse trabalho, serem explorados e violados sexualmente nessas práticas de zoofilia”, declarou.

Agora o PL segue para Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania – CCJC, caso aprovado, segue para votação no Plenário.

Para conhecer PL na íntegra acesse o link abaixo:

http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra;jsessionid=EBCB4C04DF72C65B3B7CA6EFA067A40D.proposicoesWeb2?codteor=1126251&filename=PL+6267/2013

Cadastre-se
 
 aqui

Conheça nossos ebooks para download gratuito

Deixe uma resposta

Fechar Menu