Projeto de Izar legaliza uso de tecido humano em pesquisas

Projeto de Izar legaliza uso de tecido humano em pesquisas

22/1/2014 – Com a intenção de acabar com os testes feitos em animais, o deputado Ricardo Izar (SP) apresentou o Projeto de Lei 6.800/13, que permite a utilização de tecidos humanos na realização de pesquisas para desenvolvimento de cosméticos.

g n 161 6h4k - Projeto de Izar legaliza uso de tecido humano em pesquisas

Com a intenção de acabar com os testes feitos em animais, o deputado Ricardo Izar (SP) apresentou o Projeto de Lei 6.800/13, que permite a utilização de tecidos humanos na realização de pesquisas para desenvolvimento de cosméticos. Segundo ele, a ideia surgiu durante uma reunião com o Ministro da Ciência e Tecnologia, Marco Antônio Raupp, que lembrou que a legislação brasileira proíbe sua comercialização e utilização para esse fim.

“Estamos atrasados no Brasil. Moralmente, por ainda utilizar os animais em testes para cosméticos e materiais de limpeza mercadologicamente, uma vez que países da Europa, por exemplo, não consomem nossos produtos por não concordarem com esse tipo de teste. Nossa proposta colabora também para o desenvolvimento científico, que exige novas tecnologias”, pontuou Izar.

De acordo com a proposta, os testes poderão ser feitos utilizando sobras de cirurgias de lipoaspiração, abdominoplastia, fimose, dentre outras. De acordo com Izar, pessoas que vierem a óbito também poderão doar, assim como já acontece com os órgãos. “A pessoa tem que concordar, em vida, com a doação do tecido para testes científicos”, frisou.

O projeto aguarda deliberação da Mesa Diretora da Câmara para tramitação.

Matéria completa em:
http://psdcamara.org.br/2013/12/23/projeto-de-izar-legaliza-uso-de-tecido-humano-em-pesquisas/ 

Cadastre-se  aqui

  • Saúde

Gostou deste conteúdo? Faça um comentário!

avatar
Fechar Menu